• FANTASMAGORIAS DA MODERNIDADE

Fantasmagorias da Modernidade apresenta uma análise impecável e cuidadosamente estruturada da obra de Walter Benjamin, mais especificamente das Passagens. Para percorrer esse trabalho inacabado do grande filósofo, que veio a ser publicado como um conjunto de reflexões e anotações às quais ele ainda pretendia dar uma forma final, a autora Aléxia Bretas toma como ponto de partida o termo “fantasmagorias” e suas diferentes manifestações na história social e das culturas.

Noção empregada pelo próprio filósofo em texto que expunha seu projeto de elaboração das Passagens, fantasmagoria é um termo dialético, carregado de ambiguidades e sentidos – em sua origem, utilizado para designar espetáculo ótico em que o passado se apresenta ao presente. Na obra de Benjamin, essa palavra se encontra no centro de um heterogêneo sistema de signos em torno do qual orbitam as noções de sonho e fantasia, primordiais para a construção de sua análise acerca das transformações radicais e ambíguas ocorridas nas sociedades capitalistas do século XIX e início do século XX, que se traduzem de modo concreto nas modificações das ideias e da vida cotidiana de Paris, com a modernização de sua paisagem urbana – o advento das galerias e passagens cobertas, das lojas de departamentos, das exposições universais, do kitsch, do reclame.

Destrinchando a construção do trabalho de Benjamin, passando por obras clássicas como Paris, Capital do Século xix e Rua de Mão Única, este livro mostra por que fantasmagoria se revela o termo que dá conta de apresentar uma análise da modernidade multidimensional e efêmera, pautada pelo ciclo de produção e consumo de mercadorias.

Autor: Aléxia Bretas
Assunto: Filosofia
Editora: Unifesp
Ano: 2017
Acabamento: Brochura
Páginas: 280
ISBN: 9788555710261
Edição:
Formato: 14x21
Peso: 0.350 Kg

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

FANTASMAGORIAS DA MODERNIDADE

Autor: ALÉXIA BRETAS

R$ 52,90

Adicionar a minha lista de desejos
Disponibilidade: Em estoque

Tags: fantasmagorias modernidade Wlater Benjamin sociedade capitalista século XX século XIX efêmera livro