• CARAVANAS DA ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA AO ARAGUAIA E XINGU

Sobre o livro

O tema das articulações entre medicina e narrativa ganhou, nos últimos anos, relevância nas pesquisas que se movimentam entre a clínica médica, as experiências de campo, a história e as ciências sociais.

Neste livro – uma das possibilidades nascidas dessas articulações –, as narrativas sobre as experiências de caravanas médicas ganham especial relevo. Trata-se de dar voz a médicos e residentes da Escola Paulista de Medicina (EPM) que, nos anos 1960, participaram de expedições para atendimento à saúde de populações ribeirinhas e indígenas do entorno do rio Araguaia.

Entre a memória daqueles que viveram essa experiência nos conturbados anos 1960, o tempo vivido por aqueles que hoje são responsáveis pelo projeto e as trilhas sugeridas pelo ofício do historiador, sempre tensionadas pelas relações entre memória, história e escrita da história, optou-se por evidenciar sensações, divergências e aproximações entre os entrevistados, especialmente no que diz respeito à relevância da experiência narrada na formação médica. Memórias em bruto, essas narrativas médicas podem revelar um pouco mais sobre a urgência de impedir o desmonte do Sistema Único de Saúde (SUS). Ou continuaremos a sugerir que o atendimento à saúde das populações pobres supõe apenas ações caritativas?

Ana Nemi

Sobre os organizadores

ANA NEMI é professora associada de História Contemporânea na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e coordenadora do Núcleo de Estudos Ibéricos da mesma instituição. Pesquisa história da saúde pública, em suas dimensões caritativas e filantrópicas, e narrativas médicas e de adoecimento. Coordenou a Comissão da Verdade da Unifesp.

JOSÉ CARLOS SEBE BOM MEIHY é professor titular aposentado do Departamento de História da Universidade de São Paulo (USP) e coordenador do Núcleo de Estudos em História Oral (NEHO) da mesma instituição. Especialista em memória de transmissão oral, é autor de vários livros sobre o tema, com ênfase em relatos de vida acadêmica e de segmentos em situação de risco, em especial sobre brasileiros fora do país.

LEANDRO CRUZ é formado em História pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo. Atua como historiador do Projeto Xingu, para o qual oferece suporte técnico para preservação do acervo histórico. Atualmente é coordenador administrativo do Núcleo de Saúde Indígena da Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM).

Autor: Ana Nemi, José Carlos Sebe Bom Meihy e Leandro Cruz [Orgs.]
Assunto: Expedições médicas, Medicina
Editora: Unifesp
Ano: 2020
Acabamento: Brochura
Páginas: 192
ISBN: 9788555710643
Edição:
Formato: 14x21
Peso: 0, 250 Kg

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

CARAVANAS DA ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA AO ARAGUAIA E XINGU

NARRATIVAS MÉDICAS DAS EXPEDIÇÕES DA DÉCADA DE 1960
Autor: ANA NEMI, JOSÉ CARLOS SEBE BOM MEIHY E LEANDRO CRUZ [Orgs.]
R$ 36,00

R$ 25,20

Adicionar a minha lista de desejos
Disponibilidade: Em estoque

Tags: Narrativas Médicas rio Araguaia rio Xingu medicina parceria EPM/SPDM litoral dos sertões pesquisas caravanas de pesquisas